Fotobjetos (Desde 2001)

 

Série. As peças fazem parte de uma pesquisa que se situa entre a fotografia e o objeto. As imagens transgridem seus suportes bidimensionais tradicionais e ganham o espaço, mesclando-se a objetos utilitários apropriados, de fabricação industrial, deslocados de seu contexto original.

 

Objetos e imagens reunem-se numa poética que lida com as questões da memória, das relações masculino/feminino, e com a investigação sobre o binômio saber-poder. Trabalho em andamento (desde 2001).

 

Flores Secas (2003). Madeira, folhas desidratadas, vidro e transfer de filme polaroid. 13 x 8 x 5 cm.

Fantasia (2003). Tríptico. Vidro, gel e transfer de filme polaroid. 20 x 30 x 8 cm.

Da Impossibilidade do Encontro (2003). Díptico. Cubas de vidro, água e transfer de filme polaroid. 6 x 20 x 10 cm.

Célula Mater (2003). Lupa articulada, lâminas de vidro e transfer de filme polaroid. 20 x 15 x 10 cm.

Aquário da Memória (2003). Objeto instalação. Vidro, água, bomba de ar, pedras e transfer de filme polaroid. 30 x 22 x 15 cm.

Seccionamento precoce (2003). Díptico. Par de cubas com lâminas de vidro e transfer de filme polaroid. 33 x 33 x 22 cm.

Metaquiro-relicário (2004). Fotografia e madeira. Dimensões variáveis.

Kit de autoanálise (2001). Objeto interativo. Madeira, vidro, lentes e transfer de filme polaroid. 25 x 16 x 30 cm

HD (2007). Disco rígido e fotografias. 18 x 13 x 2 cm.

Husbandit & Wife (2007). Caixa de madeira, fotografia e objetos. 30 x 20 x 15 cm.

Lenço-documento (2003). Tecido, linha, fotografia e película de polaroid. 45 x 45 cm.

Mão (2004). Cerâmica, flor desidratada e fotograma. 12 x 24 x 30 cm.